Fisioterapia Postural

Entre em contato

RPG

Reeducação Postural Global (RPG) é um método revolucionário para a correção de patologias do sistema músculo-esquelético. O método busca chegar a causa de um problema ou dor no sistema músculo-esquelético; a RPG trata a pessoa e não somente a queixa, é um método global de correção postural.

A RPG baseia-se em três princípios fundamentais:

  • Individualidade: Cada ser humano é único e reage de forma diferente;
  • Causalidade: A verdadeira causa do problema pode estar distante do sintoma (causa/conseqüência);
  • Globalidade: Deve-se tratar o corpo como um todo, buscando identificar as responsabilidades das retrações musculares nas patologias músculo-esqueléticas.

Um dos princípios do método é identificar e alongar os músculos responsáveis por alterações posturais. Um dos diferenciais da RPG é a revalorização da função estática dos músculos. Solicitados em permanência, estes podem encurtar-se e perder sua flexibilidade, freando os movimentos e deformando o corpo. Assim,

Por que fazer?

Pra resolver problemas inflamatórios crônicos ou agudos, tratar e corrigir problemas posturais, tratar os desequilíbrios entre as cadeias musculares e resgatar a boa dinâmica e harmonia corporal.

Benefícios do RPG:

  • Problemas morfológicos
  • Problemas posturais
  • Lesões Articulares
  • Patologias Reumáticas
  • Seqüelas Neurológicas Espasticas
  • Problemas Traumáticos
  • Doenças Respiratórias
  • Proporciona diminuição da dor
  • Equilíbrio das tensões
  • Correção da postura

GDS

Cadeias Musculares e Articulares GDS Bélgica

É um método global de fisioterapia e de abordagem biomecânica e comportamental, que atua na prevenção, no tratamento e na manutenção da boa organização corporal.

Uma abordagem curativa e terapêutica, que busca tratar dos processos inflamatórios e dolorosos relacionados as diversas partes corporais, tais como ombro, pescoço, coluna, joelho,cotovelo.

Ele propõe uma tomada de consciência, estimulando a percepção de como a pessoa se movimenta para modificar assim o que gerou as patalogias instaladas.

O Método visa uma leitura precisa do gesto, da postura e das formas do corpo, favorecendo uma abordagem individualizada. O conceito é de que nossa atitude postural e a forma de nosso corpo deriva de uma multiplicidade de fatores, desde a genética até o psiquismo e o comportamento.

Expressamos-nos através de seis famílias de músculos que dão ao corpo a possibilidade de se expressar. A cada uma destas famílias corresponde uma tipologia psicocomportamental. Entretanto, elas podem, em consequência de uma constância de tensão, aprisionar o corpo em uma determinada tipologia, dificultando sua adaptabilidade mecânica e comportamental e tornando-se, então, fonte de sofrimento. Neste momento, configuram-se no corpo cadeias de tensão musculares.

A proposta das Cadeias Musculares e Articulares GDS é a leitura precisa dessa linguagem a fim de determinar os meios de desfazer essa prisão muscular para que o corpo possa reencontrar a liberdade de movimentos e de expressão.

As Cadeias Musculares e Articulares

Cadeias AM – Anteromedianas

A atividade preferencial das cadeias anteriores e medianas AM está associada à afetividade, ao sensorial, à necessidade de ser amado. As cadeias AM são responsáveis pelo bom posicionamento de oitava vértebra torácica e da ancoragem do corpo. Estas, com a sua necessidade de toque, tem um papel fundamental na construção do ego e da consciência corporal.

Cadeias PM – Posteromedianas

A atividade preferencial das cadeias posteriores e medianas PM está associada à necessidade de ação, de realização e de desempenho, levando a uma atitude em propulsão para a frente. As cadeias PM tem um papel primordial na manutenção da verticalidade, freando a queda do corpo para frente.

Cadeias Posteroanteriores e Anteroposteriores

As três atitudes são subtensionadas muscularmente por uma mesma motivação: a necessidade de ser, da construção da individualidade e da busca do ideal em todos os níveis. Dois encadeamentos musculoaponevróticos subtensionam gerando essas três atitudes que, no seu funcionamento fisiológico, devem alternar suas respectivas atividades para manter o ritmo respiratório, manter o equilíbrio das massas, o eixo vertical e o centro de gravidade. As cadeias postero-anteriores PA entram em atividade na fase inspiratória e as cadeias anteroposteriores AP, na expiratória. Quando essas duas cadeias perdem a sua alternância fisiológica, é gerada a atitude PA-AP.

Cadeias Anterolaterais

A atividade preferencial das cadeias anteriores e laterais AL está associada a um modo relacional preferencialmente introvertido, caracterizado por uma seleção diante das trocas com o meio. Essas cadeias favorecem a adução, a flexão e a rotação interna da raiz dos membros, gerando uma atitude de recolhimento e podendo, no excesso, chegar a achatar o corpo no próprio eixo.

Cadeias Posterolaterais

A atividade preferencial das cadeias posteriores e laterais PL está associada a um modo relacional preferencialmente extrovertido, caracterizado pela necessidade de entrar em comunicação. Essas cadeias favorecem a abdução e a rotação externa das raízes dos membros, gerando uma atitude arqueada e desdobrada.

Método Leopoldo Busquet

O grande diferencial do método é integrar toda a anatomia da cabeça aos pés. É Um Método Global.

É baseado no relaxamento e posturas na busca de uma liberação a fim de reprogramar o bom funcionamento das cadeias fisiológicas

O método das cadeias fisiológicas está baseado em um exame completo que coloca em evidência os pontos de tensão em diferentes partes do corpo, ao nível de cada uma das cadeias. É aplicado em seguida um método de tratamento manual:

  • Para liberar as zonas de tensão;
  • Devolver uma boa mobilidade tissular às diferentes cadeias;
  • Devolver uma melhor função dos tecidos;
  • Devolver uma melhor estática corporal;

O tratamento propicia que o conjunto das funções corporais sejam então naturalmente (re)programadas.

O trabalho do fisioterapeuta, que usa o método Busquet, é eliminar ao máximo as tensões estruturais desnecessárias que são a base das disfunções, das deformações e das dores no corpo.

Um método pra todos

Permite o tratamento de pacientes desde o nascimento até uma idade bem avançada.

  • Crianças com problemas nos pés, joelhos, hiper cifoses e lordoses, escolioses, deformações torácicas, “dores do crescimento”, problemas otorrinolaringológicos, respiradores orais (bucais), má oclusão, problemas de acomodação visual, problemas de concentração, etc…
  • Desportistas para melhorar a confiabilidade e a performance.
  • Adultos, de forma geral,no intuito de prevenir ou atenuar as disfunções físicas, orgânicas assim como os efeitos da artrose.

As sessões

Possuem uma duração de 45 à 60 minutos de acordo com o problema do paciente.

A Frequencia

O tratamento completo se faz em um ritmo de uma vez por semana. Este trabalho de qualidade atinge o corpo em sua profundidade e demanda ao mesmo um tempo de assimilação e de regulação própria.

A Manutenção

Quando o tratamento é terminado, é aconselhado a realização de sessões de manutenção que deverão ter um espaço de 1 a 3 meses. O corpo possui uma memória tecidual e este trabalho periódico é o melhor tratamento preventivo

Fonte para maiores informações:
http://www.metodobusquet.com.br/quem-somos/index/tipo/metodo#sthash.YL1V7V1n.dpuf